Jesus, nosso único amor

Jesus, nosso  único amor
Olhai sempre por nós

Sejam bem vindos e mergulhem no Amor de Deus por nós!

Tudo por um mundo cheio do Amor Incondicional de Deus por nós. Mudemos o mundo levando as imagens invisíveis do Céu para a humanidade que hoje só crê nas imagens visíveis.

ZELAR PELA MÃE TERRA

ZELAR PELA MÃE TERRA
JUlHO - MÊS DO PRECIOSÍSSIMO SANGUE DE JESUS

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

JESUS, MARIA, AMO-VOS, SALVAI ALMAS!

Deveres das Almas Pequenísimas: (do Site do Rosário Permanente - visite-!)

Ser alma pequeníssima e participar da Obra significa cumprir estes três deveres:
1. O Ato de Amor: "Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!", repetido incessantemente ou frequentemente, com o coração (não é necessário mover os lábios), no decorrer do dia, desde o despertar até o adormecer;
2. A Caridade com um sorriso, vendo e tratando Jesus em todos;
3. A aceitação da Vontade de Deus, com um "Obrigado, meu Jesus!"
Promessas de Jesus para cada Ato de Amor:
Cada vez que se pronuncia o Ato de Amor: "Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!", uma alma é salva! É ato puro e perfeito de amor, com o qual se dá a Deus o que mais Lhe agrada: amor e almas. É ato de caridade perfeita pela incessante súplica em favor de todas as almas, as da Igreja Militante (que somos nós, os vivos) e as da Igreja Padecente (as almas do Purgatório). Repetido frequentemente, a todo momento e em qualquer lugar, atrai uma chuva de graças particulares, e, sobretudo, prepara o triunfo da Misericórdia Divina nos corações humanos: um novo Pentecostes em escala mundial.
Terço do Amor

Em grupos de oração, cenáculos e terços em família, o Ato de Amor poderá ser rezado em conjunto, nas contas do terço:Iniciar com: Pai-Nosso, Ave Maria e Credo.

Nas contas grandes (do Pai-Nosso): "Doce Coração de Jesus, sede meu amor!
Doce Coração de Maria, sede minha salvação!"
Nas contas pequenas (das Ave-Marias):"Jesus, Maria, eu Vos amo, salvai almas!"
No fim do terço: "Sagrado Coração de Jesus, fazei com que eu Vos ame cada vez mais!" (3 vezes).
Pintura do Sagrado Coração de Jesus à qual a Irmã Consolata Betrone dedicava especial estima e atenção.
Sor Maria Consolata Betrone, nascida Pierina Betrone, Saluzzo, 6 de abril de 1903 — Moncalieri 18 de julho de 1943) foi uma religiosa italiana e mística capuchinha (da Ordem Franciscana).
É considerada por muitos como a sucessora de Santa Teresa de Lisieux e a quem Jesus terá ensinado directamente, segundo as memórias do Padre Lorenzo Sales (ver bibliografia abaixo citada), confessor da religiosa, a jaculatória perpétua para salvação das almas "Jesus, Maria, eu amo-Vos: salvai almas!" e a invocação perpétua do Santo Nome.
Para Frithjof Schuon, a mensagem de Consolata Betrone apresenta uma importância central na nossa época, na medida em que conecta a via da infância espiritual de Santa Teresinha com a via invocatória. Segundo o historiador das religiões brasileiro Mateus Soares de Azevedo, Consolata Betrone foi uma das grandes contemplativas do século XX, juntamente com o Padre Pio, o cheikh Ahmad al-Alawi, o visionário sioux Black Elk e o sábio indiano Shri Ramana Maharshi (ver a este respeito seus livros "A Inteligência da Fé: Cristianismo, Islã e Judaísmo" [Record, 2006] e "Ye Shall know the Truth: Christianity and the Perennial Philosophy" [EUA, 2005, p. 267]).
As mensagens que a Irmã Consolata Betrone recebeu de Jesus podem ser encontradas nos escritos deixados pelo Padre Lorenzo Sales.

Nenhum comentário: